RSS

quinta-feira, 17 de setembro de 2009

Como um girassol sem sol

Dias atrás, me entristeci com um fato...
Caminhando pelos corredores de um hipermercado, me deparei com alguns girassóis expostos para venda. Porém, eles não eram bonitos como aqueles que vemos ao ar livre. Aliás, eles pareciam estar, literalmente, à beira da morte.

Me apressei em colocar pelo menos um deles no carrinho, para poder levá-lo pra casa e salvá-lo daquele monte de concreto que impedia a entrada dos raios do Sol.
Infelizmente, mesmo fora daquelas paredes, meu girassol não resistiu e terminou de morrer poucos dias depois. Fiquei triste. Afinal, além de gostar de girassóis é desolador contemplar a morte (mesmo que seja "apenas" uma planta).

Mais do que isso, essa experiência me fez pensar que assim como um girassol sem sol, somos nós sem Jesus: sem brilho, sem vida, fadados à morte, sem esperança.

Eu tenho certeza que ninguém aqui quer ser como um girassol sem sol. Pelo contrário, todos querem o Sol. Afinal, assim como o Sol, Jesus (o Sol da Justiça) é a fonte geradora de luz e calor e sem Ele não há vida.
"Mas para vós, os que temeis o meu nome, nascerá o sol da justiça, trazendo cura nas suas asas; e vós saireis e saltareis como bezerros da estrebaria." (Malaquias 4:2)

quinta-feira, 21 de maio de 2009

Não adianta ignorar

video
[Clique aqui para fazer o download do vídeo]

Diz a sabedoria popular que o pior cego é aquele que não quer ver.

Não tapemos os olhos para o que está acontecendo ao nosso redor. Somos todos responsáveis!

As Escrituras Sagradas, em seu primeiro livro, nos apresentam as seguintes palavras: Tomou, pois, o Senhor Deus ao homem e o colocou no jardim do Éden para cultivá-lo e o guardar (Gn 2:15). De acordo com tal sentença, o Senhor estabeleceu como responsabilidade do homem o governo sobre o jardim onde havia sido posto.

Nenhum outro ser criado recebeu, além do homem, a incumbência de zelar pela preservação do jardim onde foi posto. Esta era uma tarefa daquele acerca de quem, quando criado, foi dito: E eis que era muito bom (Gn 1:31).

Cuidemos todos da natureza por ser ela o jardim de Deus e por sermos nós seus jardineiros; que possamos enxergar o zelo para com o meio ambiente como um meio de glorificar a Deus e de fazer com que os homens vejam suas boas obras e glorifiquem seu Pai que está no céu (Mt 5:16).

O Evangelho e o meio ambiente

O verdadeiro motivo que deve mover o homem a cuidar do planeta.

[Texto retirado do site Cristianismo Hoje]

O século XXI tem sido marcado pelo retorno a algumas questões fundamentais que, por um bom tempo, foram desprezadas pela sociedade de maneira geral. Um dos assuntos mais atuais, a discussão acerca do aquecimento global, tem feito com que as nações repensem seus papéis na preservação de nosso ecossistema.

Ainda que louvável, esta preocupação com a preservação da natureza não deve ser função exclusiva dos governos, mas de cada indivíduo - como seres que foram criados à imagem e semelhança de Deus.

As Escrituras Sagradas, em seu primeiro livro, nos apresentam as seguintes palavras: Tomou, pois, o Senhor Deus ao homem e o colocou no jardim do Éden para cultivá-lo e o guardar (Gn 2:15). De acordo com tal sentença, o Senhor estabeleceu como responsabilidade do homem o governo sobre o jardim onde havia sido posto.

Nenhum outro ser criado recebeu, além do homem, a incumbência de zelar pela preservação do jardim onde foi posto. Esta era uma tarefa daquele acerca de quem, quando criado, foi dito: E eis que era muito bom (Gn 1:31). O pecado, contudo, fez com que o homem, quase sempre impedido de olhar além de seu próprio ventre, não cumprisse com o mandamento estabelecido por seu Senhor.

Um aspecto que contribuiu para que chegássemos aonde chegamos foi a desagregação de dois elementos inseparáveis: a proclamação do evangelho e a preservação do meio ambiente. Como cristãos, vivemos boa parte de nossa história agindo como se apenas o aspecto espiritual fosse importante para Deus. Pouca atenção era dada a questões como zelo pela natureza, preservação de animais em extinção, etc.

O cenário hodierno tem contemplado mudanças na relação do homem com a natureza. Todavia, uma pergunta precisa ser feita no tocante a este assunto: Por que tanta preocupação, agora, para com estas questões? Que motivações têm levado a humanidade a agir em prol de resgatar a natureza que por tanto tempo desprezou? Estaria o homem, agora, zelando pela glória de Deus que se manifesta nas coisas criadas (Sl 19:1)?

É certo que não é esta a preocupação em foco! A rebeldia no Éden fez com que a raça humana rompesse com Deus, consigo mesma e com as demais coisas criadas. O homem, por causa da queda, perdeu de vista a perspectiva de que sua finalidade é “glorificar a Deus e gozá-lo para sempre”. Majoritariamente, a preocupação para com as coisas criadas não vem de um retorno ao entendimento de que Deus é glorificado quando o homem cultiva e guarda o jardim no qual foi colocado (Gn 2:15). Antes, vem da percepção de que, se não agir para reverter a situação, a estabilidade que ele [o homem] acha que construiu ao explorar a natureza será, em pouco tempo, substituída pelo caos.

A glória de Deus não tem sido a grande preocupação nas lutas ambientais. Muito mais motivador do que isso têm sido os incentivos fiscais, os estímulos e benefícios de grandes organizações e o medo do que poderá acontecer em um futuro não muito distante. O grande problema é que não poucos cristãos têm se portado da mesma forma que os ímpios. Não cuidam da natureza por ser ela o jardim de Deus e por sermos nós seus jardineiros; não enxergam o zelo para com o meio ambiente como um meio de glorificar a Deus e de fazer com que os homens vejam suas boas obras e glorifiquem seu Pai que está no céu (Mt 5:16).

Como povo de Deus que somos não podemos nos esquecer de que a proclamação das verdades nas quais cremos se dá com muito mais eficácia através de nossas ações do que de nossas palavras. Proclamarmos as verdades cristãs significa, também, agirmos em favor da preservação de tudo o que foi criado por Deus, para a sua glória. Sejamos cristãos integrais; proclamemos as verdades, quer através de palavras, quer através de ações; cumpramos o mandado de nosso Senhor! Que belo jardim temos para cuidar. Façamos isto, por amor daquele que nos amou primeiro e como demonstração do zelo pela glória do Criador!

Por Daniel Leite Guanaes

domingo, 3 de maio de 2009

Evangelismo pela Internet

No último sábado, 02/05, tive o prazer de participar da Campal Jovem da AC. Na ocasião, falei sobre Evangelismo pela Internet e, abaixo, estou disponibilizando os slides da palestra para download. Esta palestra foi criada com o bjetivo de mostrar as oportunidades e perigos que a internet oferece ao jovem cristão. Além da palestra, disponibilizo também algumas diretrizes para criação de sites adventistas elaboradas pela Novo Tempo (assunto questionado durante a palestra de sábado):
  • Para fazer o download da palestra sobre Evangelismo pela Internet, [Clique aqui];
  • Para fazer o download das Diretrizes para Sites Adventistas, [Clique Aqui].

quinta-feira, 30 de abril de 2009

Não esqueça do Dia das Mães

video

É... neste ano, o Dia das Mães cai no dia 10 de maio... é melhor ninguém esquecer. Principalmente, se é ela quem corta o seu cabelo =)
Não sei quantos já viveram esta emoção. Mas, quando eu era criança, minha mãe gostava de economizar. E ela economizava cortando o meu cabelo e dos meus irmãos em casa. Geralmente, dava tudo certo, mas, às vezes, a franjinha ficava um pouco torta e, quando ela corrigia, a franja acabava no meio da testa. Ainda bem que o cabelo cresce rápido!
Enfim, como todos sabem, falta pouco mais de uma semana para o Dia das Mães. Ou seja, ainda dá tempo de preparar alguma surpresa para as queridas mamães. Sejam elas biológicas ou do coração.
A publicidade nos bombardeia com um monte de sugestões para presente, mas o Autor do Universo tem a melhor opção.
O próprio Deus registrou entre os seus mandamentos, uma forma de presentear: "Honra teu pai e tua mãe." Não existe presente melhor do que este. Um filho que honra seus pais.
Que você e eu sejamos como Deus deseja. Filhos que alegram suas mães em todos os dias do ano. Não só no segundo domingo de maio.

terça-feira, 28 de abril de 2009

Anorexia Espiritual

video

[Clique aqui para fazer o download do vídeo]

Texto retirado do site Opinião Cristã

Tem-se ouvido falar muito de anorexia ultimamente nos jornais, revistas, internet, devido à morte da modelo Ana Carolina Reston. Trata-se de uma doença psico-somática, ou seja, começa na mente e reflete no corpo. O indivíduo deixa de comer julgando estar acima do peso. O corpo que vê refletido no espelho não é correspondente à realidade, está esquelético, porém ainda se vê “gordo”. É inevitável que logo venha à nossa mente a pergunta: por quê? Porque uma pessoa decide parar de comer até ao ponto da desnutrição e morte? Seria algum tipo de loucura?

Se examinarmos o caso da modelo em questão teremos algumas pistas. Ana Carolina “precisava” estar magra para ter trabalhos como modelo. Mas isso não precisava ser bem assim. Qualquer um de nós pensaria: quem, em sã consciência, pode achar bela uma mulher esquelética? Ana Carolina era bela por natureza e não seriam alguns quilos a mais (na verdade faltavam quilos) que tirariam essa beleza. Poder-se-ia pensar: mas isso acabaria com sua carreira. Também não é bem assim. Na verdade, Ana Carolina tinha convites para ensaios fotográficos e estes não exigem modelos esqueléticos, porém Ana Carolina queria desfilar em passarela e para isso não mediria esforços. Atraída pelo dito “glamour” das passarelas foi de encontro à morte. Aqui temos um ponto chave do problema. Quando se quer muito uma determinada coisa, a qualquer preço, estamos numa situação de reféns deste desejo e as conseqüências poderão ser desastrosas.

Nos jogos olímpicos de 2000 fez-se uma pesquisa confidencial entre os atletas. Uma das perguntas foi: Se houvesse uma droga que garantisse a você ganhar a medalha de ouro e fosse indetectável, porém o levasse à morte num prazo de 5 anos, você a tomaria? Surpreendentemente quase 50% dos atletas responderam que sim! Temos assim o mesmo princípio da anorexia, vale qualquer esforço por um objetivo, mesmo que ele leve à morte.

Assim seria muito razoável pensar que a anorexia é primeiramente um problema espiritual. A fragilidade da formação moral e espiritual das pessoas é que as levam a buscar aquilo que não satisfaz. Tenta-se alimentar o vazio espiritual com aquilo que, em vez de alimentar, leva à morte. “Porque gastais o dinheiro naquilo que não é pão e o vosso suor naquilo que não satisfaz?” (Is 55:2). Os atletas olímpicos trocariam suas vidas pela glória da medalha de ouro. As modelos que morrem de anorexia estão pagando com a vida para estarem no mundo de fantasia e “glamour” das passarelas. Jesus nos desafia com a pergunta: De que adianta o homem ganhar o mundo inteiro e perder a sua alma? Mt 16:26. O falso alimento – ganhar o mundo – na verdade produz a morte. Portanto, trata-se primeiramente de anorexia espiritual.

Há muitos que se dizem cristãos e também estão morrendo de anorexia espiritual. Deixaram a fonte da vida para correrem atrás dos encantos do mundo que, além de passageiro e enganoso, cobram um preço muito alto: o afastamento de Deus e a morte física e espiritual. Isso acontece quando passamos a avaliar nossas vidas pelos padrões do mundo, usando dos mesmos critérios de sucesso para trazer felicidade. Nosso dia-a-dia é pautado pelos usos e costumes do mundo. Avaliamos desde nossas necessidades básicas aos nossos ideais, pelos critérios mundanos. Uma vez que isso não nos alimenta espiritualmente, a carência das coisas de Deus em nossas vidas nos adoece espiritualmente. Similarmente à anorexia nervosa, a anorexia espiritual deixa o doente inconsciente de seu estado. O anoréxico espiritual não se reconhece como tal e procura as mais diversas desculpas e argumentos simplistas do tipo – todo mundo faz; não sou tão radical; não vejo problema algum etc. Afastam-se do convívio dos outros crentes para que o testemunho desses não lhes incomode. É preciso a atuação do Espírito Santo no coração dos “anoréxicos” e também um esforço por parte desses para que o verdadeiro alimento espiritual possa fazer a sua obra.

Devemos nos encher do Espírito e buscar o verdadeiro alimento na palavra de Deus e de sua prática. Somos convidados a buscar em primeiro lugar o reino de Deus e a sua justiça – e as demais coisas nos serão acrescentadas (Mt 6:33). [Fonte: www.opiniaocrista.net]

sexta-feira, 10 de abril de 2009

Salmo 23

Olá!
Talvez muitos já conheçam esta apresentação. Mas, de qualquer maneira, ela não deixa de ser especial. Já é um material um pouco mais antigo, mas que apresenta um olhar diferente sobre o Salmo 23.

Tenham todos um sábado feliz na companhia de Jesus =)
Q Deus os abençoe cada dia mais!

quarta-feira, 1 de abril de 2009

Dia do Desbravador

Usamos esta fábula em um Dia do Desbravador, em CG, há muito tempo atrás. Porém, resolvi compartilhá-la aqui no blog, já que estamos no mês do desbravador. Foi escrita pelo meu pai e pode ser adaptada de várias maneiras (encenação, cartazes ilustrados pelos desbravadores, etc). Espero que ela lhes seja útil.

O pesadelo que terminou bem

"Mamãe! Tive um sonho horroroso, pesadelo mesmo. Sonhei com uma porção de monstros correndo atrás de mim e dos meus amiguinhos...Primeiro, foi o monstro das DROGAS. Ele estendeu suas garras afiadas e, com uma voz cavernosa e uma risada macabra, falou bem assim: -- Deixem vir a mim as criancinhas, porque elas vão ser do reino do vício, da escravidão e do desespero, hahahahhaha...

Logo depois, veio um tal monstro da MARGINALIDADE. Ele tinha uma bocarra imensa, língua aberta no meio (igual de cobra) e dentes de crocodilo. Chegou pertinho da gente e rosnou: -- Deixem vir a mim as criancinhas, porque elas vão ser do reino do crime, da maldade e da morte certa... Grrr...

O terceiro era o monstro da IGNORÂNCIA. Tem cara de boi-sonso, parece inofensivo, fala acaipirado, mas só se faz de besta. Ele quer é capturar a gente: -- Óia, deixa as crianças vir pra mim... tenho um presentinho pra elas aqui, ó. Ingresso garantido para a Burrolândia... Estudar pra quê? O bom é ver tevê...

Outro bicho feiosão é o monstro da VIOLÊNCIA. Sabia que ele se esconde até dentro de casa e muita gente não vê? Fica lá, enrolado num cantinho atrás da porta, pronto para dar o bote e falando baixinho: -- Deixem vir a mim as criancinhas, porque elas vão ser do reino da dor, da tristeza, do trauma e da revolta...

O monstro da DIVERSÃO também é bicho-papão, mas tem gente que não acredita. Tudo que ele quer é ocupar a cabeça da menina pra tomar o lugar de Deus! E ele se disfarça com uma porção de máscaras... -- Deixem vir a mim as criancinhas, porque elas vão ser do reino dos Pokemóns, dos Gárdulas, da Xuxa, dos games...

Foi terrível, mãe! Ainda bem que você me deu esse escuda aqui, com essa espada, escrito DESBRAVADORES. Com ele, eu e meus amiguinhos nos defendemos enquanto corremos para junto de Jesus. Ele botou os monstros todos para correr e repetiu aquele verso que a senhora ensinou pra gente: -- Deixem vir a Mim as criancinhas, porque delas é o Reino dos Céus!"
(ER.RO.LI.RA)

quinta-feira, 19 de março de 2009

Chuva de Peixes


video

Quem aqui já havia imaginado esta possibilidade? Uma chuva de peixes... peixes vivos, que inclusive agora se desenvolvem num reservatório de água da chuva, que não possui nenhuma ligação com algum rio, córrego ou nascente.

Imagine você abrir a janela da sua casa e perceber que estão caindo peixes vivos lá fora.

A chuva de peixes que ocorreu no dia 14 de fevereiro de 2007, na pequena cidade de Paracatu, no interior de Minas Gerais, é um fato raro, porém não único.

Existem outros registros de chuvas de peixes na história e um, especialmente fantástico, ocorrido há ceerca de sete anos, devido a enorme necessidade de pessoas na África que passavam fome e clamavam por uma intervenção divina. E receberam um chuva de peixes.

A ciência explica simplesmente como a força da natureza, ignorando o Criador e Mantenedor do Universo.

Na Bíblia, lemos relatos de chuvas especiais concedidas ao povo de Israel, quando esteve no deserto. A Palavra de Deus diz que durante a noite, quando descia o orvalho sobre o acampamento, caía o maná.

Ainda no deserto, o relato bíblico diz que o Senhor soprou um vento, e trouxe codornizes do mar, e as espalhou pelo arraial.

Milagres de Deus... que nos dias de hoje seriam explicados pela ciência apenas como resultado da força da natureza.

A natureza em si, não possui força. Como diz o salmista:

“Os céus proclamam a glória de Deus, e o firmamento anuncia as obras das suas mãos. Um dia discursa a outro dia, e uma noite revela conhecimento a outra noite.
Não há linguagem, nem há palavras, e deles não se ouve nenhum som; no entanto, por toda a terra se faz ouvir a sua voz, e as suas palavras, até aos confins do mundo.”


A natureza mostra o poder de Deus.

Que você e eu estejamos atentos às ações do nosso Senhor e Criador e possamos sempre enxergar os milagres de Deus em nossas vidas.

segunda-feira, 16 de março de 2009

Say No!

video

Sem dúvida, algumas crianças gostariam que seus pais fossem animais.
Segundo dados do Fundo das Nações Unidas para a infância (UNICEF), mais de 270 milhões de crianças são vítimas ou testemunham a violência em casa. Só no Brasil, o UNICEF estima que, diarimente, 18 mil crianças e adolescentes são espancados no país.
Mais triste do que estes números é saber que, na maioria dos casos, os autores dos atos violentos são pessoas que vivem próximas às crianças, como amigos da família, empregados, professores e até os próprios pais.
Tenho certeza de que ninguém aqui machucaria uma criança, mas a violência contra os pequenos existe e deve ser combatida por cada um de nós, seres humanos, cidadãos e, sobretudo, cristãos.
Quando esteve aqui na Terra, o próprio Cristo disse que quando fazemos algo de bom pelas crianças, é como se tivéssemos feito para Ele. E, da mesma forma, quando deixamos de fazer algo pelos pequenos é como se deixássemos de fazer algo pelo próprio Deus.
Que você e eu possamos, não apenas respeitar e amar as crianças, mas lutar para que elas estejam a salvo da violência.

quinta-feira, 12 de março de 2009

Você é Jesus?

Li estes dias um texto que me chamou a atenção. Contava a história de uma moça cega que, em lágrimas, tentava recolher as maçãs de sua banca, que foram esparramadas no chão. No meio de uma multidão, apenas um homem se sensibilizou em ajudá-la e, ao perceber que muitas frutas haviam se estragado, ele também se dispôs a arcar com o prejuízo. O relato conta que, ao perceber tamanha bondade, a moça teria virado-se para o homem e perguntado: "Você é Jesus?"

Eu não sei se esta história é real ou não, mas ela me fez refletir sobre minhas ações e eu gostaria de convidá-lo a refletir também.

Você já imaginou ser confudido com Cristo? Você já pensou que a maneira como você age, o modo como você fala, as palavras que você usa, o tom da sua voz, a ternura do seu olhar... podem mostrar Cristo aos outros? As pessoas poderão ver Cristo através de você!

Sabem... a população brasileira é predominantemente cristã. Segundo dados do IBGE, do ano de 2006, 89% da população se auto-denomina cristã. E vocês sabem que 89% da população brasileira é muita gente! Esse percentual quer dizer que mais 165 milhões dos 186 milhões de brasileiros dizem ser seguidores de Cristo. Mas, infelizmente, os noticiários nacionais não estão recheados de coisas boas praticadas pelos crentes em Cristo... vemos que a realidade é bem contrária a esses dados.

A fotografia que utilizei para ilustrar este post é de um significativo presente recebido no acampamento de verão 2008, da IASD Central de Campo Grande. Um pequeno espelho, que traz a figura de Cristo fixada. E que, a cada momento que o utilizo, me faz pensar se a minha vida tem refletido o caráter de Cristo.

Pense nisso você também! E, se quiser fazer outros pensarem, está aí uma singela sugestão de presente. Que Deus nos abençoe mais a cada dia para que, através de nossas atitudes, possamos mostrar Cristo aos outros.

Corra atrás de seus sonhos

video
[Clique aqui para fazer o download do vídeo]

sexta-feira, 6 de março de 2009

Casa sobre a areia

"E todo aquele que ouve estas minhas palavras e não as pratica será comparado a um homem insensato que edificou a sua casa sobre a areia; e caiu a chuva, transbordaram os rios, sopraram os ventos e deram com ímpeto contra aquela casa, e ela desabou, sendo grande a sua ruína." (Mateus 7:26 e 27)

video
[Clique aqui para fazer o download do vídeo]

Certa vez, Jesus disse que aquele que ouve Suas palavras e não As pratica pode ser comparado a um homem insensato que edificou sua casa sobre a areia. E, como você já deve imaginar, quando vieram as tempestades, os ventos e as ondas... a casa desabou. Que Tragédia!
Uma casa própria é a realização de um dos maiores projetos do ser humano. Geralmente, esta a primeira preocupação do casal apaixonado que pretende viver junto pra sempre. Agora, imagine você perder sua casa como aconteceu no vídeo acima...
Meses atrás, o mundo acompanhou o sofrimento de centenas de famílias catarinenses que perderam suas casas em deslizamentos e nas enchentes. A comoção gerada foi tão grande, que milhares de toneladas de alimentos, roupas e outras doações foram enviadas até Santa Catarina. Acho que, ao assistir todas aquelas coberturas jornalísticas, cada brasileiro se colocou no lugar daquelas pessoas e, por um instante, sentiu a dor daquela tragédia... Imagina você ver a realização do seu sonho sendo engolido pela areia... Uma indescritível Catástrofe!
E, é com esta tragédia em mente, que Jesus compara aquelas pessoas que conhecem a vontade de Deus e, ainda assim, não A praticam... constroem suas casas na areia, mesmo sabendo que ela poderá cair.
Mas, graças a Deus, Cristo também fala de um outro tipo de gente. Ele fala de pessoas sábias que escolhem um bom fundamento, constroem suas casas sobre a Rocha... e, quando vêm as tempestades, os ventos e as ondas... a casa permanece firme!
Que você e eu possamos sempre agir como o homem sábio que construiu sua casa sobre a Rocha. Venha o vento, a chuva, o caos, o desespero... e nós não somos abalados. Porque a nossa fé está firmada na Rocha Eterna que é Jesus! Amém!

"Todo aquele, pois, que ouve estas minhas palavras e as pratica será comparado a um homem prudente que edificou a sua casa sobre a rocha; e caiu a chuva, transbordaram os rios, sopraram os ventos e deram com ímpeto contra aquela casa, que não caiu, porque fora edificada sobre a rocha." (Mateus 7:24 e 25)

sexta-feira, 27 de fevereiro de 2009

Exemplo de Vida

Boa Noite!
Essa tarde, tive que correr atrás de um vídeo para ajudar um conterrâneo. Ele precisava de algo pra usar numa Vigília de Reavivamento... Quando li o pedido dele, logo pensei no testemunho da "jovem" Andressa. Que vida! Quanto espírito de Missão!
Já havia assistido o testemunho daquela garotinha diversas vezes e sempre me questionava sobre o que eu estava fazendo para abreviar a volta de Jesus ou por que eu não agia como ela.
No ínício do ano passado, fui surpreendida por uma nova versão do testemunho de Andressa... A mensagem que ela pregava se tornou ainda mais urgente. A brevidade e a finitude da vida ficaram ainda mais aparentes. E aquelas antigas perguntas passaram a ecoar com muito mais volume em minha mente.
Por isso, quando penso em reavivamento, penso na vida de Andressa. Aquela pequena garota que fez tudo o que podia, enquanto pôde.
Decidi postar esse vídeo aqui no Blog também, pois sei que é difícil encontrá-lo para download. Espero que lhes seja de grande valia.
Um Feliz Sábado a todos e que Deus os abençoe cada dia mais!
[Clique aqui para fazer o download do vídeo]

quinta-feira, 26 de fevereiro de 2009

Quem disse que eles são irracionais?

Infelizmente, este vídeo não tem a resolução que eu gostaria. Porém, as imagens são tão impressionantes que vale muito a pena se esforçar um pouquinho para ler as legendas. O vídeo mostra uma das primeiras caçadas de um filhote de leopardo. O desafio era atacar exatamente um de seus piores inimigos: um babuíno. Porém, algo inesperado aconteceu. Surpreendendo pesquisadores e, com certeza, surpreenderá você!
video
Não sei quantos conseguiram acompanhar as legendas, mas o filhote de leopardo não só se compadeceu do filhote de babuíno, como abandonou sua caça e ainda enfrentou as hienas.
Se uma situação semelhante acontecesse envolvendo seres humanos, facilmente identificaríamos sentimentos como a compaixão, o amor, carinho... mas dizem que a grande diferença entre os animais e os seres humanos é a capacidade de pensar, racionalizar...
Se bem que eu acredito que o sucesso desse vídeo se deve ao fato de que, muitas vezes, alguns seres humanos não têm a capacidade que teve o animal do vídeo.
A filhote de leopardo ignorou seus instintos e a fome que sentia para cuidar do filhote de babuíno. Que lição! Teríamos nós a força desse leopardo? Em nossa rotina temos superado os nossos "intintos"?

Leopardo adota filhote de babuíno

As imagens reproduzem alguns momentos do vídeo postado acima, que conta um incrível episódio da história de Legadema, uma filhote de leopardo, cujo nome, no idioma setswana, quer dizer “Luz do céu”.
Os leopardos têm características curiosas. Ao contrário dos leões e das chitas, por exemplo, os leopardos são felinos reservados. Logo cedo, são estimulados a caçar sozinhos, sem o apoio da família, sobrevivendo graças à inteligência e ao comportamento furtivo, de quem vive às sombras para surpreender sua presa.
No caso de Legadema, desde os primeiros dias de vida, havia ameaças permanentes contra ela. Cinco de suas irmãs foram mortas por hienas, babuínos e outros predadores.
Em outra ocasião, um bando de babuínos tentou arrastar a mãe de Legadema e ela própria para fora da toca, sem falar nas hienas que estão sempre à espreita. Os leões também são outra outra ameaça importante.
A mãe de Legadema ensinou-lhe as técnicas essenciais para sobreviver como predadora e a mandou pra fora de casa, para cuidar da própria vida. Lições do tipo: “Como imobilizar a presa e fincar os dentes na sua garganta, até sufocá-la”, óbvio...
Bem, o vídeo mostra uma das primeiras caçadas de Legadema. O desafio era atacar exatamente um de seus piores inimigos: um babuíno! [RR]

segunda-feira, 16 de fevereiro de 2009

Inspiração

Inspirada na dedicação incondicional do meu querido esposo Daniel Gonçalves, quero compartilhar alguns materiais já utilizados na IASD Central de Campo Grande-MS, que ainda podem dar um toque especial nas programações de outras igrejas desse mundão a fora. São pequenos vídeos comentados, apresentações e reflexões preparadas com muito carinho.
Abaixo, você confere um vídeo que apresenta lições belíssimas e emocionantes. E, no post seguinte, uma singela apresentação que ilustra os versos da poesia "Direcione Seu Olhar".
Um grande abraço e que Deus os abençoe cada dia mais!

A Força Está na União

Vídeo e reflexão utilizados durante os momentos de oração da Sexta Jovem, em Campo Grande/MS.
video
Esse vídeo me impressionou muito devido ao seu conteúdo tão significativo, apresentado num espaço tão curto de tempo. Sem dúvida, poderíamos extrair diversas lições do que acabamos de assistir, mas gostaria de destacar apenas trrês pontos.
O primeiro deles diz respetito a nossa atitude frente aos problemas, as tão conhecidas adversidades da vida. Nós até sabemos que estamos sujeitos a isso, mas, muitas veezs, nos revoltamos e ficamos iguais àqueles que aparecem nas primeiras cenas do vídeo.
A segunda lição está justamente relacionada à atitude do garoto que dedcidiu fazer alguma coisa para resolver o problema. Ele sabia que não adiantaria ficar só reclamando e não teve medo de ser ridicularizado por sua ação. Jesus, certa vez, disse que deveríamos ser como crianças. Certamente, Ele falava também dessa coragem infantil, essa atitude proativa que não fica esperando as coisas acontecerem e põe logo a mão na massa. E, é incrível perceber que, depois da iniciativa do garotinho, os primeiros a se solidarizarem e o apoiarem são também crianças.
Finalmente, os adultos perceberam algo que todo mundo sabe, mas nem sempre coloca em prática: "A união faz a força!". E é aí que aparece a nossa terceira lição. Como diz uma conhecida canção: "nos tornamos fortes quando damos as mãos". Quando damos as mãos não somente aos nossos próximos, mas principalmente, quando damos as mãos a Jesus.
E é por isso, que eu convido agora todos aqueles que puderem, que se coloquem dee joelhos, dando as mãos ao seu colega ao lado, como símbolo de alguém que quer andar de mãos dadas com Jesus e vamos orar.

sábado, 7 de fevereiro de 2009

Direcione Seu Olhar

A singela apresentação ilustra os versos da poesia "Direcione Seu Olhar", escrita em meados da década de 80. De autoria de Somar Amil (Lima Ramos), a mensagem já rodou o mundo e, dias atrás, a recebi por e-mail com a assinatura de Charles Chaplin.
Curiosidades a parte, vale a pena refletir nas palavras da apresentação e colocar os olhos na direção certa.
[Clique Aqui para fazer o download]

sexta-feira, 6 de fevereiro de 2009

Tutorial - Download no 4shared


Segue abaixo uma breve explicação de como fazer o download de arquivos no 4shared:
1º: Clique no link;
2º: Abrirá uma janela do 4shared, clique agora em "Download Now";
3º: Aguarde agora o contador regressivo de tempo terminar (são 20 segundos) e clique em "Download file now".
4º: Escolha a pasta onde quer salvar o arquivo e clique em "Salvar". Agora é só aguardar concluir o download e pronto!

terça-feira, 13 de janeiro de 2009

Ano Novo

"Quem teve a idéia de cortar o tempo em fatias, a que se deu o nome de ano, foi um indivíduo genial.

Industrializou a esperança, fazendo-a funcionar no limite da exaustão.

Doze meses dão para qualquer ser humano se cansar e entregar os pontos. Aí entra o milagre da renovação e tudo começa outra vez, com outro número e outra vontade de acreditar que daqui pra diante vai ser diferente."

(Cortar o tempo - Carlos Drummond de Andrade)