RSS

quinta-feira, 30 de abril de 2009

Não esqueça do Dia das Mães

video

É... neste ano, o Dia das Mães cai no dia 10 de maio... é melhor ninguém esquecer. Principalmente, se é ela quem corta o seu cabelo =)
Não sei quantos já viveram esta emoção. Mas, quando eu era criança, minha mãe gostava de economizar. E ela economizava cortando o meu cabelo e dos meus irmãos em casa. Geralmente, dava tudo certo, mas, às vezes, a franjinha ficava um pouco torta e, quando ela corrigia, a franja acabava no meio da testa. Ainda bem que o cabelo cresce rápido!
Enfim, como todos sabem, falta pouco mais de uma semana para o Dia das Mães. Ou seja, ainda dá tempo de preparar alguma surpresa para as queridas mamães. Sejam elas biológicas ou do coração.
A publicidade nos bombardeia com um monte de sugestões para presente, mas o Autor do Universo tem a melhor opção.
O próprio Deus registrou entre os seus mandamentos, uma forma de presentear: "Honra teu pai e tua mãe." Não existe presente melhor do que este. Um filho que honra seus pais.
Que você e eu sejamos como Deus deseja. Filhos que alegram suas mães em todos os dias do ano. Não só no segundo domingo de maio.

terça-feira, 28 de abril de 2009

Anorexia Espiritual

video

[Clique aqui para fazer o download do vídeo]

Texto retirado do site Opinião Cristã

Tem-se ouvido falar muito de anorexia ultimamente nos jornais, revistas, internet, devido à morte da modelo Ana Carolina Reston. Trata-se de uma doença psico-somática, ou seja, começa na mente e reflete no corpo. O indivíduo deixa de comer julgando estar acima do peso. O corpo que vê refletido no espelho não é correspondente à realidade, está esquelético, porém ainda se vê “gordo”. É inevitável que logo venha à nossa mente a pergunta: por quê? Porque uma pessoa decide parar de comer até ao ponto da desnutrição e morte? Seria algum tipo de loucura?

Se examinarmos o caso da modelo em questão teremos algumas pistas. Ana Carolina “precisava” estar magra para ter trabalhos como modelo. Mas isso não precisava ser bem assim. Qualquer um de nós pensaria: quem, em sã consciência, pode achar bela uma mulher esquelética? Ana Carolina era bela por natureza e não seriam alguns quilos a mais (na verdade faltavam quilos) que tirariam essa beleza. Poder-se-ia pensar: mas isso acabaria com sua carreira. Também não é bem assim. Na verdade, Ana Carolina tinha convites para ensaios fotográficos e estes não exigem modelos esqueléticos, porém Ana Carolina queria desfilar em passarela e para isso não mediria esforços. Atraída pelo dito “glamour” das passarelas foi de encontro à morte. Aqui temos um ponto chave do problema. Quando se quer muito uma determinada coisa, a qualquer preço, estamos numa situação de reféns deste desejo e as conseqüências poderão ser desastrosas.

Nos jogos olímpicos de 2000 fez-se uma pesquisa confidencial entre os atletas. Uma das perguntas foi: Se houvesse uma droga que garantisse a você ganhar a medalha de ouro e fosse indetectável, porém o levasse à morte num prazo de 5 anos, você a tomaria? Surpreendentemente quase 50% dos atletas responderam que sim! Temos assim o mesmo princípio da anorexia, vale qualquer esforço por um objetivo, mesmo que ele leve à morte.

Assim seria muito razoável pensar que a anorexia é primeiramente um problema espiritual. A fragilidade da formação moral e espiritual das pessoas é que as levam a buscar aquilo que não satisfaz. Tenta-se alimentar o vazio espiritual com aquilo que, em vez de alimentar, leva à morte. “Porque gastais o dinheiro naquilo que não é pão e o vosso suor naquilo que não satisfaz?” (Is 55:2). Os atletas olímpicos trocariam suas vidas pela glória da medalha de ouro. As modelos que morrem de anorexia estão pagando com a vida para estarem no mundo de fantasia e “glamour” das passarelas. Jesus nos desafia com a pergunta: De que adianta o homem ganhar o mundo inteiro e perder a sua alma? Mt 16:26. O falso alimento – ganhar o mundo – na verdade produz a morte. Portanto, trata-se primeiramente de anorexia espiritual.

Há muitos que se dizem cristãos e também estão morrendo de anorexia espiritual. Deixaram a fonte da vida para correrem atrás dos encantos do mundo que, além de passageiro e enganoso, cobram um preço muito alto: o afastamento de Deus e a morte física e espiritual. Isso acontece quando passamos a avaliar nossas vidas pelos padrões do mundo, usando dos mesmos critérios de sucesso para trazer felicidade. Nosso dia-a-dia é pautado pelos usos e costumes do mundo. Avaliamos desde nossas necessidades básicas aos nossos ideais, pelos critérios mundanos. Uma vez que isso não nos alimenta espiritualmente, a carência das coisas de Deus em nossas vidas nos adoece espiritualmente. Similarmente à anorexia nervosa, a anorexia espiritual deixa o doente inconsciente de seu estado. O anoréxico espiritual não se reconhece como tal e procura as mais diversas desculpas e argumentos simplistas do tipo – todo mundo faz; não sou tão radical; não vejo problema algum etc. Afastam-se do convívio dos outros crentes para que o testemunho desses não lhes incomode. É preciso a atuação do Espírito Santo no coração dos “anoréxicos” e também um esforço por parte desses para que o verdadeiro alimento espiritual possa fazer a sua obra.

Devemos nos encher do Espírito e buscar o verdadeiro alimento na palavra de Deus e de sua prática. Somos convidados a buscar em primeiro lugar o reino de Deus e a sua justiça – e as demais coisas nos serão acrescentadas (Mt 6:33). [Fonte: www.opiniaocrista.net]

sexta-feira, 10 de abril de 2009

Salmo 23

Olá!
Talvez muitos já conheçam esta apresentação. Mas, de qualquer maneira, ela não deixa de ser especial. Já é um material um pouco mais antigo, mas que apresenta um olhar diferente sobre o Salmo 23.

Tenham todos um sábado feliz na companhia de Jesus =)
Q Deus os abençoe cada dia mais!

quarta-feira, 1 de abril de 2009

Dia do Desbravador

Usamos esta fábula em um Dia do Desbravador, em CG, há muito tempo atrás. Porém, resolvi compartilhá-la aqui no blog, já que estamos no mês do desbravador. Foi escrita pelo meu pai e pode ser adaptada de várias maneiras (encenação, cartazes ilustrados pelos desbravadores, etc). Espero que ela lhes seja útil.

O pesadelo que terminou bem

"Mamãe! Tive um sonho horroroso, pesadelo mesmo. Sonhei com uma porção de monstros correndo atrás de mim e dos meus amiguinhos...Primeiro, foi o monstro das DROGAS. Ele estendeu suas garras afiadas e, com uma voz cavernosa e uma risada macabra, falou bem assim: -- Deixem vir a mim as criancinhas, porque elas vão ser do reino do vício, da escravidão e do desespero, hahahahhaha...

Logo depois, veio um tal monstro da MARGINALIDADE. Ele tinha uma bocarra imensa, língua aberta no meio (igual de cobra) e dentes de crocodilo. Chegou pertinho da gente e rosnou: -- Deixem vir a mim as criancinhas, porque elas vão ser do reino do crime, da maldade e da morte certa... Grrr...

O terceiro era o monstro da IGNORÂNCIA. Tem cara de boi-sonso, parece inofensivo, fala acaipirado, mas só se faz de besta. Ele quer é capturar a gente: -- Óia, deixa as crianças vir pra mim... tenho um presentinho pra elas aqui, ó. Ingresso garantido para a Burrolândia... Estudar pra quê? O bom é ver tevê...

Outro bicho feiosão é o monstro da VIOLÊNCIA. Sabia que ele se esconde até dentro de casa e muita gente não vê? Fica lá, enrolado num cantinho atrás da porta, pronto para dar o bote e falando baixinho: -- Deixem vir a mim as criancinhas, porque elas vão ser do reino da dor, da tristeza, do trauma e da revolta...

O monstro da DIVERSÃO também é bicho-papão, mas tem gente que não acredita. Tudo que ele quer é ocupar a cabeça da menina pra tomar o lugar de Deus! E ele se disfarça com uma porção de máscaras... -- Deixem vir a mim as criancinhas, porque elas vão ser do reino dos Pokemóns, dos Gárdulas, da Xuxa, dos games...

Foi terrível, mãe! Ainda bem que você me deu esse escuda aqui, com essa espada, escrito DESBRAVADORES. Com ele, eu e meus amiguinhos nos defendemos enquanto corremos para junto de Jesus. Ele botou os monstros todos para correr e repetiu aquele verso que a senhora ensinou pra gente: -- Deixem vir a Mim as criancinhas, porque delas é o Reino dos Céus!"
(ER.RO.LI.RA)