RSS

terça-feira, 7 de setembro de 2010

Feriadão Abençoado!

Estou apenas reproduzindo o post do meu maridão querido pra vocês. Afinal, é sempre bom demais compartilhar as bênçãos.

"O Sonho de Deus é Maior" - Música de Robson Fonseca

Olá irmãos!

Esse fim-de-semana eu e a Ellen resolvemos viajar para o interior do Estado, sem rumo definido, só com algumas idéias. Foram 920 Km e muitas bençãos. Passamos por Urubici, Bom Jardim da Serra (e a famosa Serra do Rio do Rastro), Criciúma, Praia Grande e chegamos no RS, na cidade de Cambará do Sul, onde tem os Canynos (um espetáculo da natureza).

Até aqui já tinha agradecido a Deus os bons momentos e a proteção. Chegamos na segunda à noite em casa.

Mas não vou explicar muito sobre essa viagem, já que Deus tinha preparado mais.

"O Sonho de Deus é Maior".

Imaginei que na terça-feira seria um dia só para descansar. Mas na segunda à noite, já em casa, decidi passear com o pai no dia seguinte, pela manhã, e tentar leva-lo ao desfile de 7 de Setembro.

Detalhe, meu pai tem 82 anos e é capitão aposentado do Exército.

Mas acordei atrasado. Saí de casa 9h34min e quando cheguei na casa dos meus pais, comentei com o capitão Gonçalves (pai) sobre a idéia do desfile, além do tradicional chocolate quente que sempre tomamos em um padaria no centro.

Ele adorou a idéia, achou o máximo ver o desfile, já que ele tinha participado tantas vezes desses momentos. Vibrou como nunca. Fazia tempo que não via ele tão alegre.

Fiquei então preocupado. O desfile tinha começado as 9 horas e tinha acabado de empolgar meu querido pai.

Cheguei PERTO do local do desfile as 10h10min. Um fila enorme para chegar perto.

Fiquei frustado, preocupado. "Meu Deus, dá um jeito do meu pai ver esse desfile", orei na fila dentro do carro enquanto meu pai não comentava nada.

Não sei se por não enxergar muito bem ou por estar tão preocupado quanto eu.

Fui sincero com Deus. Álias, nosso Pai do céu quer isso de nós.

Quando fiz uma curva, o que vejo?

Carros do Exército antigos e restaurados no outro lado da rodovia, indo em direção ao desfile.
Estavam no sentido inverso ao nosso. Eram poucos segundos para visualizar.

Uhuuuuuuuu!

Já achei o máximo. Sabia que Deus tinha preparado aquilo.

Não pensei duas vezes.

Subi no canteiro (pedindo para levar uma multa) e parei ao lado de um daquels carros antigos, bem bonitos.

Desci o pai do meu carro e fui lá com ele.

Eram uns 20 carros, todos de colecionadores. Pessoas que compram veículos descartados pelo Exército e restauram.

"Oi meu nome é Daniel e esse é meu pai, capitão do Exército. Poderíamos ver os carros". (Detalhe, já estava no meio dos veículos).

O grupo de colecionadores prontamente atendeu meu pedido.

Fui então tirando fotos com o pai.


(Pai, carro do exército e ao fundo meu carro em cima do canteiro)
Para quem queria levar o pai para o desfile, coloca-lo no meio daqueles carros antes da cerimônia já era o máximo.

Mas aí vem mais um presente de Deus.

Álias, Deus não pega leve. Quando é para dar um bênção, ele já dá em abundância.

Continuando a história:

Ao tirar as fotos e já ir para o carro antes que levasse uma multa, aquele mesmo grupo que me atendeu o pedido veio falar comigo de novo.

Eles: "Oi, conversamos entre nós e queríamos convidar seu pai para desfilar conosco."

Eu: "Cla-cla-claro... só tem um problema, ele é um pouco fraco e doente, por isso preciso estar com ele para alguma urgência" (Gaguejei como nunca)

Eles: Não tem problema, é só escolher um desses carros, entrar no veículo e desfrutar do passeio"

Eu: "Mas moço, eu tô com uma camiseta de rádio [Novo Tempo], moleton e boné do Superman?"
Eles: "Não tem problema, já falamos. Temos que valorizar homens como seu pai. Se preciso for, você pode ficar até sem roupa dentro do carro"

Irmãos, desculpe o termo pejorativo, mas é pra vocês terem a noção de como eles queriam meu pai dentro de um carro daqueles?

Coloquei meu pai dentro do carro e entrei do outro lado.

Aí meu pai fala: "Filho, obrigado, o pai tá feliz demais!"

Meus olhos se encheram de lágrimas. Me controlei para não me emocionar. Até agora, ao escrever, a água vem nos olhos.

Demoramos mais uns 30 minutos para chegar na entrada do desfile, já que estávamos a uns 800 metros da entrada.

Peguei minha máquina fotográfica para conferir se tudo estava certo.

Quando ligo o que vejo?

O símbolo que a bateria estava acabando.

Tinha tirado 300 fotos nos dias anteriores e não tinha carregado durante a noite.

"Que burro que sou!"

"Senhor, please...dá um jeito nessa bateria também"

Adivinhe?

Óbvio, a bateria parou de piscar depois que eu a religuei.

O resto foi só alegria.

Meu pai desfilou dentro de um carro do exército.

Ah, e eu do lado igual um paparazzi.

(Meu pai no meio do desfile acenando para o público e feliz da vida)

(Colecionador que conduziu o veículo onde estávamos)
Deus é bom demais irmãos. A gente pede algo, e ele vem com mais, muito mais.

Me deu vontade de chorar denovo agora...acho que tô um chorão.

Irmãos, esse foi meu feriadão. Espero que esse testemunho sirva para algo em sua vida espiritual.

Veja a série de coisas que aconteceram para dar certo esse fato. Eu atrasado, fila, passar no momento certo, pessoas certas...

Deus conduziu tudo.

Ah, e um outro detalhe, ano que vem o pai já com convidado para desfilar novamente com eles. Bacana? Demais né. Mas desta vez será ele estará com sua farda. Álias, primeiro vou ver se tem uma opção na própria companhia do Exército, aos aposentados.

Um abraço e fiquem com Deus.

Obs 1: Não levei multa.

Obs 2: Eu tirei o boné na hora do desfile, apesar do cabelo todo amassado.

Obs 3: A cara do governador e do prefeito ao me verem daquele jeito foi: "O que é isso?"

2 comentários:

Cida Kuntze disse...

Que lindooo esse testemunho, amei!!!
Nossa, me coloquei no lugar do Daniel, acho que eu não teria conseguido conter as lágrimas...rsrs
Que máximo Ellen, que benção Daniel!
Um beijo.

Celina disse...

Foi um presente e tanto de Deus para seu esposo para que ele pudesse presentear por sua vez o pai, demonstrando-lhe amor.
O melhor é que seu esposo identificou cada passo do evento como uma bênção e agradeceu a Deus por isso.
Tenha um ótimo sábado e fim de semana.
Celina